Ideias ruins são bem-vindas!

by  Rafael Baltresca

Num dia qualquer, uma receita de chocolate saiu completamente errada. O que era para terminar em uma massa homogênea, densa, lisa, acabou cheia de bolinhas de ar. E foi deste erro que resultou um chocolate que você come até hoje: O Suflair.

Lá em 1984, outros culinaristas deixaram uma massa de trigo descansar por tempo demais e a mistura ressecou. Em vez de jogar fora, assumiram o erro e a prensaram fazendo folhas de pão. E assim, os irmãos John e Will Kelloggs conseguiram algo parecido com flocos de trigo. Não preciso terminar a história dos irmãos Kelloggs, certo?

Pois é… já dizia o poeta: “É fazendo muita m%[email protected] que se aduba o mundo”. Não conheço nenhuma grande ideia que não tenha sido precedida de tentativas malsucedidas. Nenhuma criança sai andando sem cair trocentas vezes. E aí que mora o poder do erro, da ideia ruim, de uma tentativa esdrúxula.

Líder, pai, professor: Quando você censura ideias ruins, você pode estar aniquilando futuras brilhantes. 

 

Please Activate the plugin.

Secured By miniOrange