10 Questões que vão mudar o modo que você pensa em seus problemas - Rafael Baltresca

INSIGHTS

10 Questões que vão mudar o modo que você pensa em seus problemas

by  Rafael Baltresca

Quando surgem novos problemas, muitas pessoas reclamam, dizem que a vida é injusta e que só queriam fugir para bem longe de todos eles. Mas, e se houvesse uma reflexão mais carinhosa sobre esses problemas, onde fosse dado um sentido diferente, mais positivo? Talvez, assim, seja possível encontrar um caminho diferente. 

Tempo de leitura: 9 min

Tradução livre no original “10 Questions that Will Change the Way You Think About Your Problems” escrito por ANGEL CHERNOFF. http://bit.ly/10Questoes

Não é sobre ter todas as respostas – É sobre perguntar as questões certas!

O ditado “aquele que ensina os outros, ensina a si mesmo” é muito verdadeiro, não apenas porque a constante repetição ajuda a gravar os fatos de maneira inabalável na mente, mas também porque o processo de ensino em si nos dá uma maior percepção do assunto ensinado. De forma egoísta, às vezes, esse é o motivo pelo qual Marc e eu assumimos novos clientes de coaching e escrevemos novos artigos de desenvolvimento pessoal, mesmo quando nossos cronogramas estão cheios. O que ensinamos nos ajudam a crescer também.

Uma das estratégias que ensinamos repetidas vezes é a autoavaliação – que é basicamente a arte de nos fazer as perguntas certas. Por que essa estratégia é tão importante? Porque as perguntas que nos fazemos se tornam pensamentos. Os pensamentos se tornam palavras. Palavras se tornam ações. Ações se tornam caráter. E o caráter muda tudo.

Que a verdade seja dita: quando os tempos ficam difíceis e surgem grandes problemas, como inevitavelmente acontecerá, é a força do nosso caráter que os faz passar.

E como nossa persona é diretamente influenciado pelo que dizemos (e nos questionamos), quero que você pense em como está falando consigo mesmo ultimamente. Você tem usado as palavras de empoderamento e encorajadoras que você falaria para um amigo? Ou tem usado as observações depreciativas que você gritaria para um inimigo se você não tivesse coração? Ou, então, as observações negativas sobre a vida que você pode proferir se não tivesse fé?

O dia todo você fala silenciosamente consigo mesmo e parte de você acredita em cada palavra. É por isso que é importante ficar atento quando surgem problemas e meditar sobre essas poderosas questões:

Imagem 5

1. No que você poderia ser positivo e feliz agora mesmo, se você realmente quisesse?

Sua grande arma contra o estresse e negatividade é a sua habilidade de escolher um pensamento em cima do outro. A felicidade escapa daqueles que se recusam a ver o bem naquilo que tem. Quando a vida te dá todos os motivos para ser negativo, pense positivo.

2. Qual é o problema que você pode agradecer por não ter agora?

Sorria, não porque a vida tem sido fácil, perfeita ou exatamente como previu, mas porque você escolheu ser feliz e agradecido por todas as coisas boas que você tem e todos os problemas que você sabe que não tem.

3. O que você precisa parar de pensar e dizer a si mesmo?

Pare de desacreditar em si mesmo por tudo que você não é e comece a se dar crédito por TUDO QUE VOCÊ É. Temos que aprender a ser nossos melhores amigos, porque às vezes caímos facilmente na armadilha de sermos nossos piores inimigos.

4. O que você está segurando com você que é preciso soltar?

Uma das lições mais difíceis na vida é deixar de lado. Seja culpa, raiva, amor ou perda. Mudar nunca é fácil – você luta para se segurar e luta para soltar, mas muitas vezes “deixar ir” é o caminho mais saudável para o progresso. “Deixar ir” limpa pensamentos tóxicos do passado.

Você precisa libertar-se emocionalmente das coisas que antes significavam muito para você, para que você possa ir além do passado e da dor que isso traz a você. Novamente, é preciso trabalhar duro para “deixar ir” e redirecionar seus pensamentos, mas vale a pena cada esforço que você reunir.

5. Você vai culpar os outros e negar a responsabilidade? Ou você vai criar um plano de ação para avançar?

Imagine… quanto mais eficaz e feliz você ficaria se, em vez de negar, culpar, temer e lutar contra certas situações e tarefas, você simplesmente as mudasse.

6. Como você pode reagir com clareza e força ao invés de reagir sem pensar?

Toda vez que você for tentado a reagir da mesma maneira de sempre, pergunte-se se você quer ser um prisioneiro do passado ou um pioneiro do futuro. E lembre-se que nosso caráter é mais evidente em nossos altos e baixos. Seja humilde no topo das montanhas, seja forte nos vales e seja fiel no meio.

7. Como você pode estar a serviço de uma pessoa ou situação e a si mesmo, para que todos se sintam estimulados, ao invés de sobrecarregados?

A vida é um presente e isso nos oferece privilégios: a oportunidade e a responsabilidade de retribuir algo para nos tornamos melhores. Assim, a melhor forma de se encontrar quando os tempos são difíceis é se perder no pensamento de uma causa maior que você.

8. Você está colocando muitas expectativas em si mesmo ou nos outros? Essas expectativas estão te servindo ou te machucando?

Expectativas são como cerâmica fina – quanto mais você as segura, mais provável que se quebrem. Lembre-se disso: você vai achar a vida muito mais fácil quando diminuir suas expectativas. Deixe-se levar um pouco, aprecie a sua vida e relacionamentos pelo que eles são.

9. Quem ou o quê precisa do seu perdão?

Perdão nem sempre cura relacionamentos e situações. Alguns relacionamentos e situações não são para ser. Perdoe de qualquer maneira e deixe o que deveria ser. Vá em frente e liberte-se. Quando você guarda ressentimentos em relação a outra entidade, você está limitado a esta pessoa ou condição por uma ligação emocional que é mais forte do que aço. Perdão é a única maneira de romper essa ligação e ser livre.

10. O que você sabe melhor agora para a próxima vez?

Não deixe seu medo de eventos passados afetar o resultado do seu futuro. Viva para o que o hoje tem para te oferecer, não para o que o ontem levou embora. Sempre haverá obstáculos, mas estamos confinados com mais frequência pelas paredes que nós mesmos construímos. O que vemos, depende de como olhamos para isso. Esqueça o que perdeu e foque no que você aprendeu.

10 questões - Imagem

Reflexões finais

A vida é cheia de circunstâncias incontroláveis; a única coisa que podemos controlar é como escolhemos reagir. Quando reservamos um tempo para pensar nisso, notamos que todo acontecimento em nossa volta é neutro e sem sentido até o momento em que damos sentido a isto. E as questões que fazemos a nós mesmos guiam o sentido que criamos.

Toda situação é questão de escolha. Permitirei que isto me chateie? Vou escolher que isto seja ruim ou bom? Escolherei ficar ou seguir adiante? Gritarei ou sussurrarei? É hora de reagir ou pensar com tempo antes de responder?

As questões que perguntamos a nós mesmos guiam nosso comportamento e nosso comportamento é aquela pequena coisinha que faz uma grande diferença em nossa vida.

Lembre-se: criamos nosso destino todos os dias… e a maioria dos males que sofremos estão diretamente ligados ao nosso (controlável) comportamento.

 Agora é a sua vez:

Quais questões/pontos apresentados ressoaram mais em sua mente? O que você faz para ficar atento e focado quando surgem problemas em sua vida? Deixe um comentário abaixo e compartilhe seus insights.

 

 

Rafael Baltresca

Rafael Baltresca é palestrante, facilitador e hipnólogo corporativo. Atua desde 2004 como conferencista dentro e fora do Brasil.
Secured By miniOrange