BalCast #19 - Silvio Santos - Rafael Baltresca

INSIGHTS

BalCast #19 – Silvio Santos

by  Rafael Baltresca

Tempo de leitura: 11min

‘”É feliz quem sonha, mas só tem sucesso quem se dispõe a pagar o preço para transformar o seu sonho em realidade.” – Silvio Santos

Hoje, quero falar sobre o cara mais famoso do Brasil… Estou me referindo ao Silvio Santos, o “dono do baú”. No ano de 2005, conheci o Silvio no palco de seu programa quando fui ao SBT. Na época, participei com meus amigos mágicos (da trupe Magos de Preto) fazendo 3 ou 4 programas. Foi muito legal; o Silvio adora mágica! Mais recentemente, fui novamente à emissora, onde fiz minha primeira aparição no Programa Silvio Santos como hipnólogo. A história foi mais ou menos assim…

Eu estava, se não me engano, em Curitiba ou em alguma cidade do Paraná, quando recebi uma ligação do próprio produtor do Silvio:

_ ”Sou o produtor do Silvio Santos e quero saber se você quer fazer parte do Mágicos”.

_ “Olha, eu não faço mais mágica, faço hipnose”.

_ “Não, tudo bem, porque é um quadro eclético. Você pode vir com seu ato de hipnose…” Conversa vai… conversa vem… Eu sinceramente não estava dando muita bola para isso porque sei que na TV muda muita coisa e eu aprendi também a não ficar muito ansioso quando o assunto é televisão; mas, deixei a coisa acontecer. Até que, certo dia, o produtor ligou-me novamente e disse “Vai ser agora! Topa vir amanhã gravar?” Era uma quarta-feira e eu topei.

Na quinta-feira de manhã, eu estava lá para a minha primeira gravação. Este programa foi ao ar no dia 11/09 e foi um ato simples e divertido, de mais ou menos 10 minutos no palco com o Silvio. Depois de dois dias, acabei retornando ao SBT. O Silvio gostou tanto que queria saber se eu poderia voltar lá para hipnotizar o pessoal do Jogo dos Pontinhos. Deste quadro participam a Helen Ganzarolli, a Livia Andrade, o Carlinhos Aguiar, o Alexandre Porpetone, a Flor e a Patricia Abravanel, filha do Silvio. Fui lá, gravei e foi simplesmente incrível!

Bom, minha ideia não é contar o que aconteceu durante a apresentação. Se você quiser saber como foi, seguem os links dos dois momentos em que estive lá no SBT com o homem do baú:  Quadro Mágicos – 11/09 e Jogo dos Pontinhos – 25/09.

O que eu realmente quero falar aqui hoje é sobre o que aprendi com o Silvio Santos, mas não voltar no clichê do Silvio camelô, que venceu na vida, que começou a empresa dessa forma… Não! Vamos tentar sair um pouco disso para falarmos mais sobre o empresário espetacular que ele é, com uma empresa que fatura em média 1 bilhão de reais por ano, que movimenta massas, movimenta a economia do país, falar sobre um cara que faz a sua empresa ser uma das mais admiradas no Brasil. É sobre este cara, este Silvio Santos empresário, que eu quero falar.

Para isso, elenquei 6 aprendizados que tive com o Silvio:

  • Antes de funcionários, tenha admiradores. Visitei o SBT mais ou menos umas 15 vezes (para gravar com meus amigos, com a Eliana, para o Mágicos…) e é incrível como as pessoas que trabalham para o Silvio Santos o admiram como patrão, pessoa, como chefe, como apresentador. Pude constatar que não se trata apenas de uma babação de ovo, porque não estou falando apenas da admiração que tem o diretor, o produtor dele, mas também o maquiador, o faxineiro e taxista. Nessas minhas idas e vindas ao SBT, ouvi dezenas de histórias do tipo: “Fui levar o Silvio Santos na casa dele e aquele dia ele falou pra mim se eu já tinha almoçado, falou para entrar na cozinha dele e comer à vontade.”

Já ouvi também os maquiadores dizendo que, sempre que o Silvio passa por eles, faz questão de parar e cumprimentar, perguntar se está tudo bem. É incrível como as pessoas admiram o Silvio Santos e não é fácil ser visto como um exemplo, um ídolo. Acho que vale como aprendizado. Se você é um líder, um gerente, o dono da sua empresa, antes de ter funcionários, esforce-se para ter admiradores, para que as pessoas gostem de você como pessoa.

  • Conheça um pouco de tudo. Tive um professor que sempre falava “Seja especialista, mas nunca deixe de ser um generalista.” O que ele estava querendo dizer com isso? Que precisamos ser especialistas em alguma coisa para sermos lembrados e recrutados para algum serviço, ser especialistas no que fazemos: se você é médico, professor, faxineiro, seja o melhor no que você faz. Mas lembre-se de ser generalista também, conhecer um pouquinho de tudo. O Silvio Santos é especialista no assunto comunicação, é um mega comunicador. Faça o teste… Você acha que não vai se prender a ele? Ligue a TV e fique 5 minutos assistindo ao Silvio Santos. Com certeza, quando você olhar no relógio, terão se passado 30 minutos. Além disso, ele também é um super generalista e quem diz isso não sou eu, mas as pessoas que trabalham com ele e que me contaram sobre este cara que conhece um monte de coisas. Ele sabe interpretar IBOPE, sabe o que significa isso, como interpretar cada coisa, ele entende de cenário, programação, sabe muito bem sobre cada item da empresa dele e como as coisas devem funcionar. Não adianta… se você quiser delegar de verdade, precisa entender o mínimo daquilo. No próprio programa dele, você o vê falando sobre política, religião e percebe que é hiper bem informado.
  • Trate todos com respeito e não se esqueça de quem te ajudou. Digo isso porque não lembro uma vez em que o Silvio Santos tenha tratado alguém mal na TV. Pode ser uma senhora de 85 anos, uma moça de 12, um rapaz de 26 anos… ele brinca, dá risadas, mas respeita essas pessoas no sentido mais profundo da palavra. Porque ele sabe muito bem que se não fossem elas, estes telespectadores, desde o mais humilde que compra o seu carnezinho ou uma Tele Sena durante todo o ano, ele não estaria onde está hoje. Triste é saber que existe um monte de gente que sobe às custas dos outros, porque outros deram o aval, e depois os esquecem.

Estive no show do Fabio Junior há alguns meses por conta de uma palestra que fui fazer em uma empresa, onde o Fabio era também um dos contratados. Senti um desrespeito incrível pelo público, porque metade do show foi dublado; ele estava contratado para cantar, mas ficou dublando o show e, além disso, não tirou sequer uma foto com as pessoas, não deu a mão a ninguém e não estava nem aí para os que o estavam assistindo.

Então, o que eu aprendi com o Silvio Santos e que não aprendi com o Fabio Junior é: trate todos com respeito e não se esqueça das pessoas que te ajudaram a ser quem você é. Veja o Liminha, o Roque, um monte de gente que está lá com o Silvio Santos há anos e são sempre lembrados pelo patrão.

  • Aprenda a improvisar. Se você quer se dar bem em seu negócio, faça um curso de improviso. Aprenda alguma coisa, não tem como o Silvio Santos ficar em um programa de 4h sem improvisar, não dá para roteirizar um programa de 4h e esperar que ele aconteça da forma que você pensou. Quando a gente fala em improviso não significa fazer de qualquer jeito. Improviso, segundo a definição, é fazer o que você sabe, mas em um momento em que você não espera. Não dá, por exemplo, para você me pedir para improvisar um cavaquinho porque eu nunca estudei cavaquinho na minha vida, será um desastre. Mas você pode me pedir para improvisar uma mágica, por exemplo. Eu estudei magica por muito tempo e posso improvisar uma agora, ou seja, posso fazer algo que eu sei em um momento que não espero. O Silvio Santos é o rei do improviso! Ele faz as coisas acontecerem.

O improviso, enquanto técnica, possui dois itens muito interessantes e dos quais eu gosto bastante: primeiro, não negue! O improvisador não pode negar o que acontece. Se o Silvio Santos cai no chão, ele não nega que caiu, vai curtir com isso, brincar e fazer uma piada. O segundo item é: o improvisador tem que viver o presente. Você reage de uma forma que não esperava se estiver vivendo o seu presente. Eu estou agora escrevendo sobre isso, mas não pensando no que vou fazer daqui 5 minutos, uma hora ou um dia; estou curtindo este momento. Se você é um vendedor e não vive o seu presente, está atendendo uma pessoa com sua cabeça em outro cliente, você não faz nem uma coisa nem outra. Quando você vive o momento em que está e não nega as coisas que acontecem, você simplesmente está improvisando, está deixando fluir.

  • Chegue aos 85 anos com tesão pelo que você faz. Eu pude ver o Silvio Santos entrando no palco para gravar e aquecendo a plateia. Ele faz isso desde sempre e até hoje. Antes de começar o programa e antes de tudo, ele chega e brinca com a plateia, faz piadas, mostra um lado dele que ele não mostra na TV e tem tesão pelo que faz aos 85 anos.
  • Divirta-se! Só no momento em que eu me diverti, que coloquei em minha cabeça que não estava lá trabalhando, ou para tentar dar aula de hipnose, para convencer o Silvio de alguma coisa, que compreendi a essência do Silvio Santos. Foi quando deixei a coisa fluir. Isso aconteceu no segundo programa. Aprenda com este cara… Ele entra no palco para se divertir. Se você aprende também a se divertir a cada instante de sua vida como profissional, certamente vai fazer tudo com maestria. Tudo se torna simples, tudo se torna fácil.

Estas são as 6 lições que eu aprendi com o Silvio Santos. Posso te dizer que estar no programa dele e brincar, me divertir, dar risada, curtir aquele momento com total integridade, vivendo o presente, não preocupado com o que dizer, se o IBOPE ia ser bom ou não, foi um dos momentos mais marcantes de minha vida como artista.


Deixe seu comentário

  • Luana Walker

    Show professor,vc é d+!!Parabéns pelo sucesso de sempre,quero te conhecer algum dia pessoalmente..(Falei de vc,na escola…vc mudou a minha vida )Muito obg por tudo,vc é incrível…quando crescer quero ser como vc!! .Abs #TMJ

Rafael Baltresca

Rafael Baltresca é palestrante, facilitador e hipnólogo corporativo. Atua desde 2004 como conferencista dentro e fora do Brasil.
Secured By miniOrange