INSIGHTS

Atiro no que vi e acerto no que não vi

by Rafael Baltresca

na banheira com a leila navarro

“Atiro no que vi e acerto no que não vi.”

Foi exatamente com esta frase que Leila Navarro e eu iniciamos um super bate-papo dentro da banheira dela… Pois é! Entramos juntos na banheira para um entrevista totalmente inusitada e recheada de conteúdo!

Realidade é o que você percebe

by Rafael Baltresca

nuvem-artigos-rafael-baltresca

Quem nunca brincou de procurar animais, rostos ou objetos nas nuvens, utilizando os contornos para formar uma figura diferente, que atire a primeira pedra!

Mais do que um exercício para estimular a criatividade, essa brincadeira ilustra o título do presente artigo: a realidade é o que você percebe. Este afirmação também está .. Continue lendo…

Motivação, impulso ou necessidade?

by Rafael Baltresca

motivacao-impulso-ou-necessidade-min

Redução do IPI, oferta da estação, 30% de desconto, facilidades no cartão. Vai pegar ou largar? Por que frente a uma superpromoção a tendência é deixarmos de lado objetivos primários e mergulharmos em compras não previstas, dívidas, remorsos e futuras dores de cabeça? E por que repetimos este padrão?

Compras por impulso

by Rafael Baltresca

compras-por-impulso-min

Entrevista a Rafael Baltresca

– Hoje é possível dizer que as compras por impulso são mais frequentes do que as compras racionais? As pessoas estão comprando mais por impulso do que por necessidade?
Sem dúvidas. Os grandes fatores da compra por impulso são as necessidades ilusórias causadas pela mídia. Publicitários são .. Continue lendo…

Malditos hábitos

by Rafael Baltresca

malditos-habitos-min

Enquanto dirijo-me ao hotel, elogio a cidade de Curitiba ao condutor: que limpeza, que organização!

Ele retruca dizendo que sempre escuta isso dos viajantes. Normal.

Quase no mesmo instante, o vidro do carro ao lado desce, um braço peludo sai e uma bituca de cigarro é lançada ao chão.

Pensamento crítico, uma obrigação

by Rafael Baltresca

pensamento-critico-uma-obrigacao-min

João acorda às 4 da manhã para abrir a padaria. Dá as mesmas ordens ao padeiro todos os dias. Às 5h30 já tem pão quentinho como sempre. Dona Zuleica acorda cedo e às 6 em ponto dá bom dia ao seu João enquanto pede “meia dúzia do francês”. Pega mais .. Continue lendo…

Seja cachorro

by Rafael Baltresca

seja-cachorro-min

Meu cachorro vai ao Pet todo feliz. Toma banho, corta as unhas, os pelos e ganha até perfume e gravatinha. Quando ele volta à casa, continua sendo cachorro: brinca na lama, se suja, é feliz. À noite, se esparrama no chão sujinho e dorme. Nunca deixa de ser cachorro.

Quebre regras

by Rafael Baltresca

quebre-regras-min

Alguns dizem que “regras foram feitas para serem quebradas” e eu concordo 100% com isso. Se não fosse a ousadia, a ânsia por desafiar o que é imutável, o questionamento do padrão, ainda estaríamos falando “Uga Buga” e nos escondendo em cavernas. Questionar, agir contra as regras, faz parte da nossa .. Continue lendo…

Não quero ser um Wally

by Rafael Baltresca

nao-quero-ser-um-wally-min

Onde está o Wally” nunca foi meu passatempo preferido. Tentar encontrar aquele rapazinho franzino com a camisa listrada no meio de tanta gente igual me tirava do sério. Creio que o principal motivo de desistir nos primeiros segundos era impressão que não o encontraria nunca, ou, talvez, a visão das .. Continue lendo…

Fazer por prazer

by Rafael Baltresca

fazer-por-fazer-min

Lembra-se da sua infância? Naquela época, você acordava e brincava de carrinho, boneca, esconde-esconde, amarelinha. Bom tempo, não?

Secured By miniOrange