Entrevista para o jornal Primeira Página de Cuiabá - Rafael Baltresca

INSIGHTS

Entrevista para o jornal Primeira Página de Cuiabá

by  Rafael Baltresca

Tempo de leitura: 5min

No dia 05 de março, estive em Cuiabá para apresentar uma palestra sobre mudança de comportamento, automotivação e protagonismo para o pessoal da Rede Matogrossense de Comunicação.

Confira aqui algumas imagens e informações do evento

Na ocasião, fui também entrevistado pelo pessoal da Rádio Centro América, tendo o prazer e honra de participar da transmissão do Primeira Página: um programa de entrevistas, com previsão do tempo, opiniões e notícias sobre esportes, economia, política e muitas outras coisas.

No player abaixo, você poderá ouvir o meu bate-papo na íntegra com o repórter Leandro Agostini, do Primeira Página, além da transcrição de tudo o que rolou durante essa transmissão:

LA: Em algum momento você já parou pra pensar que precisa mudar e até onde pode ir e por quê não consegue? Se a resposta não foi positiva, é porque precisa de uma mudança de comportamento. Isso é o que diz o palestrante Rafael Baltresca, que tem uma técnica e ele explica:

RB: Existem duas instâncias acontecendo em nossa mente o tempo todo: uma instância lógica e racional, que é aquela parte da mente que fala “Vai lá, você consegue, você pode, você tem garra pra isso“. Só que tem outra instância, seria um subconsciente, falando assim: “Olha, você aprendeu a vida inteira que você não pode, cara…” O problema é que, muitas vezes, a gente não se lembra de que isso aconteceu com a gente na infância. Na prática, é aquela tentativa de fazer uma academia, fazer algo diferente e a gente volta pra estaca zero.

Muito bem! Deixando isso bem claro, esse é o motivo para a mudança comportamental ser tão difícil, porque ela não é simplesmente lógica e racional. Não é assim: “Ah, amanhã eu vou parar de fumar…” e paro. Não é! Existe um outro componente muito grande lá atrás. E uma das ferramentas dessa mudança comportamental é justamente criar o hábito.

LA: Então, para Baltresca, criar um novo hábito é o primeiro passo para essa mudança comportamental, o que precisa de um pouco de esforço…

RB: A pessoa fala: “Eu quero ter o hábito de ir à academia física, a academia de ginástica, porque eu quero e estou precisando perder uns quilos.” Ela já tentou várias vezes, ela pagou um ano – a anuidade – e não fez. De novo, isso aconteceu porque existe a parte subconsciente falando mais alto. O hábito se cria através de uma forma sistematizada. Então, vamos lá: se eu quero fazer uma academia, primeiro eu vou pagar um mês de academia e apenas um mês. Porque toda mudança, quando ela é muito grande, assusta a gente, nossas crenças, nossos valores, eles ficam assustados, a mudança é muito grande. Então, a gente começa por uma mudança pequena: é um mês só de exercício físico.

LA: Feito isso, começa o processo de sistematização. É como se fosse uma regra ou algo que faz falta para a pessoa.

RB: No começo, mais importante do que perder peso e suar, é criar o hábito de ir à academia. O alarme às segundas, quartas e sextas-feiras, nesse horário, que me lembra que daqui meia hora eu tenho que ir pra academia. Interessante isso, porque, quando a gente vai fazendo de uma forma sistematizada, a gente vai criando o hábito de tal coisa e, por conta da repetição, nosso subconsciente aprende esse novo caminho, como se um novo caminho neural fosse acontecendo.

LA: Durante as palestras, Rafael usa a hipnose, mas não como forma terapêutica…

RB: A hipnose na palestra é para mostrar, de uma forma lúdica, como a nossa mente é incrível, como a nossa mente é poderosa e, às vezes, a gente não tem ideia de onde a gente consegue chegar. Posso dizer que a maioria dos desafios, das nossas barreiras do dia a dia são psicológicas e não barreiras físicas.

LA: O palestrante fala ainda da importância de tratar cada pessoa com suas diferenças e individualidades. Cada um tem seus motivos e a forma de ser tocado com a palavra. Então, Rafael Baltresca finaliza explicando que o segredo para a mudança de comportamento, na realidade, está na mudança de pensamento.

RB: Lembre-se que a sua mente é a grande criadora, independente se você acredita em Deus, no Universo, em energias, não importa. Alguém deu de presente essa mente incrível que você leva e ela é a grande responsável por criar tudo o que existe. Tudo o que está na sua frente – uma cadeira, um celular, a sua roupa, o chão, o teto da sua casa – começou no pensamento de alguém. Tudo o que está ao nosso redor começou no pensamento de alguém. Nossas emoções também começam de nossos pensamentos; nossos comportamentos também começam dos nossos pensamentos. 

Então, faça esse teste com você: mude a sua percepção, mude o jeito que você olha pra vida e mude a sua realidade.

 

 

 

Rafael Baltresca

Rafael Baltresca é palestrante, facilitador e hipnólogo corporativo. Atua desde 2004 como conferencista dentro e fora do Brasil.
Secured By miniOrange